Bolsa Família Bloqueado: saiba o que fazer

O Bolsa Família é um programa que hoje atende milhões de pessoas. Hoje o que temos escutado é que as famílias estão tendo problemas com o recebimento. O que muitas não sabem é que pode ter o Bolsa Família Bloqueado pelo Governo Federal.

O bloqueio de cadastro do Bolsa Família acontece quando alguma regra obrigatória do programa não foi cumprida. Então para que as famílias possam continuar recebendo os valores todo mês é necessário seguir os prazos. É importante manter os dados cadastrais sempre atualizados revisando eles sempre que possível.

Nesse artigo vou falar sobre isso e o que fazer se alguma dessas situações ocorrer com o benefício da sua família. Confira!

Bloqueio por cadastro

bolsa familia bloqueado

O Cadastro Único é diretamente ligado ao Programa Bolsa Família, e precisa ser atualizado sempre. Com isso, se o cadastro está desatualizado afeta no pagamento do seu benefício. Os dados de cadastro da família que recebe o benefício, devem ser atualizados de 2 em 2 anos.

Toda alteração que acontece na família, deve ser informada ao programa. Mudanças como:

  • Mudanças de endereço
  • Mudanças com relação à escolaridade dos integrantes familiares;
  • Mudanças nas condições financeiras da família;
  • Mudanças na composição familiar;
  • E demais mudanças referentes aos dados pedidos na hora do cadastramento.

Sempre que mudar algo deverá procurar o Gestor Municipal do Cadastro Único. Assim, poderá modificar essas informações e passar a situação atual real da família.

Como atualizar o cadastro?

Sempre que mudar algo deverá procurar o Gestor Municipal do Cadastro Único para modificar essas informações e passar a situação atual real da família. A atualização do cadastro do Bolsa Família pode ser feita nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) na prefeitura da sua cidade.

É exigido que você tenha em mãos RG ou Certidão de Nascimento de todos os membros da família; CPF do responsável pela família. Também é necessário levar Carteira de Trabalho, comprovante de renda e comprovante de despesas.

Bloqueio por descumprimentos das regras

Para receber o benefício do Programa Bolsa Família, é necessário que as famílias cumpram vários requisitos. O descumprimento dessas regras gera consequências como bloqueio do benefício.

Um exemplo de condição a ser cumprida é que crianças, adolescentes e jovens com idades entre 6 e 18 anos incompletos devem frequentar a escola. E, além disso, deve-se ter uma frequência mínima para que a família possa ser beneficiária.

Outro exemplo é na área da saúde, que visa expandir o acesso à saúde às famílias de baixa renda. As famílias devem fazer o acompanhamento médico da sua família, o acompanhamento da saúde abrange uma parte da comunidade. São crianças com idade de 0 a 7 anos incompletos e mulheres com idade de 14 a 44 anos.

Bloqueio por estar fora dos critérios do recebimento

Famílias que possuem rendimentos menores ou iguais a R$ 89,00 per capita são consideradas como estando em condição de extrema pobreza. Então, se melhorar as condições de vida, a ponto de sair de dentro dos critérios, irá perder o benefício.

E essa é a intenção, criar condições para que as famílias consigam viver dignamente e sem a ajuda dada pelo governo.

Parcelas atrasadas poderão ser recebidas?

Pode acontecer de o benefício ser bloqueado, mas o cadastro for regularizado dentro do prazo estipulado pelo MDS. Nesse caso, a família terá direito em receber até no máximo três parcelas bloqueadas, independente do motivo pelo qual o benefício tenha sido bloqueado.

Porém lembre-se, a situação do benefício precisa ser regularizada no prazo máximo de seis meses ou o programa é cancelado definitivamente.

Uma vez feito o recadastramento e atualizado os dados do cadastro da família, faça a consulta do Bolsa Família. Assim, você acompanhará se o benefício já se encontra disponível para sacar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *